Escolha uma Página

Combater as diversas formas de violência e discriminação contra as mulheres.

A promoção da igualdade de gênero será um eixo prioritário do governo, com ações específicas e transversais em todas as áreas. Vamos realizar um governo comprometido com as mulheres do Rio de Janeiro em um projeto de transformação social, dialogando com os desafios e as necessidades das mulheres negras, LGBT+, mulheres jovens, idosas, indígenas e das comunidades tradicionais.

É imperativo hoje enfrentar a violência contra as mulheres no Rio de Janeiro e no Brasil. Além das ações para inclusão produtiva e promoção da autonomia, gerando acesso à educação, emprego e renda, cultura, esportes e lazer, nosso governo vai alocar recursos para o funcionamento e a ampliação da rede de serviços de atendimentos às mulheres em situação de violência.

Principais propostas

Promover ações para enfrentar as desigualdades de gêneros no mundo do trabalho, incluindo na remuneração, nos cargos de direção e no mundo da política.

  • Ampliação da rede de creches e educação infantil, assim como os horários de atendimento e vagas para todas as crianças até seis anos.
  • Centrar esforços para inclusão produtiva, com acesso a emprego e renda, priorizando as mulheres negras, que sofrem mais com o desemprego e com postos de trabalho mais precários.
  • Implementação no estado do Rio de Janeiro, de forma efetiva, da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Mulheres, garantindo acesso, acolhimento, tratamento e acompanhamento pelo SUS.
  • Realizar ações de atenção à saúde das mulheres negras, melhorar o registro e a produção de dados, combater o racismo institucional e implantar o Programa de Anemia Falciforme (PAF/MS).
  • Qualificar a assistência, organizar a rede de serviços de atenção obstétrica e neonatal, garantindo atendimento à gestante de alto risco e em situações de urgência/emergência, efetivando o Pacto pela Redução da Mortalidade Materna e Neonatal.
  • Expandir a cobertura e qualificar os serviços de atenção às mulheres em situação de abortamento e serviços de aborto legal nos hospitais regionais estaduais com o cumprimento das Normas Técnicas de Prevenção e Tratamento dos Agravos Resultantes da Violência Sexual contra Mulheres e Adolescentes do Ministério da Saúde e Atenção Humanizada ao Abortamento.
  • Qualificação permanente dos profissionais de Segurança Pública e do Sistema Penitenciário para o exercício da atividade humanizado – em quanto agente público, baseada na educação cidadã e na não violação dos direitos humanos.

 

O programa de governo ainda está em fase de discussão com diversos setores da sociedade. Você pode enviar sua contribuição para nosso e-mail: [email protected]

Doe para a campanha

Sabe aquelas campanhas que trazem a oportunidade de mudar? Sabe aquelas candidaturas inesperadas, que dão a chance de enfrentar os problemas com coragem e alegria? Assim é a candidatura de Marcia Tiburi. Estamos reunindo esforços, todo dia, para que Marcia esteja perto das pessoas e das comunidades, para que possa se apresentar e conversar com a população do Rio de Janeiro. Um trabalho sério e verdadeiro, com uma equipe engajada. Sabemos que a maneira de fazer política deve também mudar. Essa candidatura entra de cabeça na transparência e na verdade. Abrimos nosso financiamento coletivo de campanha para quem quiser e puder doar uma quantia pequena, média ou grande, e fazer parte atuante desse processo. A campanha Marcia Tiburi é para aqueles que sabem que estamos diante de uma oportunidade de resgate do Rio de Janeiro.
Marcia Governadora é você no governo.

Outro valor:
Share This