Escolha uma Página
Haddad chega ao Rio e encontra movimentos culturais

O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, chegou ontem à noite ao Rio de Janeiro e foi recebido pela colega de partido candidata ao Governo do Estado, Marcia Tiburi. Os dois participaram de uma caminhada pela Av. Rio Branco, ao lado de lideranças de movimentos culturais, do líder do MST João Pedro Stédile, do Senador Lindbergh Farias e das deputadas federais Benedita da Silva e Jandira Feghali. Ana Estela, esposa de Haddad, também esteve presente. Um ato na Cinelândia foi a culminância do evento.

Cerca de 200 militantes da cultura aguardavam os candidatos na Candelária desde às 17h. O avião que trouxe Haddad à capital fluminense chegou pouco depois das 18h. Antes das 19h, Haddad se juntou às lideranças da cultura para começar a caminhada pela Rio Branco. Angela Maria de Sá, da União Brasileira de Mulheres e ferroviária aposentada, ficou impressionada com a presença massiva de simpatizantes de Haddad. Para ela, o professor paulistano candidato à presidência já está no segundo turno e Marcia Tiburi também.

“Estamos torcendo para que uma mulher feminista, que tem preocupação social com a vida, anti-fascista, esteja no segundo turno. Precisamos eleger Marcia Tiburi.” – disse Angela Maria.

Mônica Ávila é saxofonista e considera esta eleição uma das mais importantes da História do Brasil. “Precisamos ganhar. Tem que ser PT lá para reverter todo esse retrocesso que a gente está vivendo”, pautou a musicista. Para ela, esta eleição tem mostrado que as mulheres têm poder de articulação e uma força política como nunca foi visto. “É muito importante aproveitar esse momento e apoiar as candidatas mulheres para termos representatividade”, observou a saxofonista.

Graziele Monteiro é Presidente da União da Juventude Socialista e considera muito importante Haddad visitar o Rio porque a polarização entre a esquerda e o fascismo é muito grande no estado. “Haddad estar aqui logo depois de um grande ato das mulheres contra o Sete Peles, neste comício também muito grande, coloca para a gente que aqui no Rio de Janeiro a gente vai vencer o fascismo.”, avalia a militante.

Para a Presidente da UJS, Marcia Tiburi e Haddad vão superar o descrédito da política. “A população quer ter esperança. Marcia Tiburi e Haddad representam isso”, segundo Graziele.

A líder juvenil concorda com a saxofonista Mônica Ávila sobre a necessidade de votar em mulheres nessas eleições. “Durante muito tempo, a mulher não teve espaço na política, não teve espaço público e era restrita ao espaço privado das suas casas, cuidando dos filhos. Hoje, quanto mais mulheres ocuparem os espaços de poder, mais incentivamos e mostramos às mulheres que elas são capazes de fazer o que elas quiserem. A Marcia é uma mulher empoderada, candidata a Governadora do Rio e isso nos mostra que também somos capazes. É preciso votar Marcia, Manu, Benedita, Jandira, porque essas mulheres mostram para a gente o poder que a mulher tem”, afirma Graziele.

Esta eleição está marcada pelo aumento da presença feminina nas urnas, pelo menos no que diz respeito ao campo democrático. Os partidos conservadores e os reacionários não reúnem um número representativo de mulheres candidatas.

Doe para a campanha

Sabe aquelas campanhas que trazem a oportunidade de mudar? Sabe aquelas candidaturas inesperadas, que dão a chance de enfrentar os problemas com coragem e alegria? Assim é a candidatura de Marcia Tiburi. Estamos reunindo esforços, todo dia, para que Marcia esteja perto das pessoas e das comunidades, para que possa se apresentar e conversar com a população do Rio de Janeiro. Um trabalho sério e verdadeiro, com uma equipe engajada. Sabemos que a maneira de fazer política deve também mudar. Essa candidatura entra de cabeça na transparência e na verdade. Abrimos nosso financiamento coletivo de campanha para quem quiser e puder doar uma quantia pequena, média ou grande, e fazer parte atuante desse processo. A campanha Marcia Tiburi é para aqueles que sabem que estamos diante de uma oportunidade de resgate do Rio de Janeiro.
Marcia Governadora é você no governo.

Outro valor:
Share This